Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Fu no Fi (+)


Ok que a graça da coluna é ser postada e ... ser postada e fim. Simples. Mas como eu e a mexicana somos pessoas de alma boa, pedi pra ela postar primeiro porque ela vai na frente e eu vou encoxando, GRRR e eu postaria depois, e cá estou eu, alma boa, fazendo isso.

Ok que não sou uma alma tão boa assim, e o que não se enquadra em "alma boa" são os filmes que vou indicar abaixo:

I - Hell:

Sentiram medo logo com o título, hein, asfadinhos? Ou gostaram, enfim. É baseado (mas tian, eu prefiro macooonha ... foda-se) no romance de Lolita Pille, Hell conta a história de uma jovem parisiense que atende pelo mesmo nome/codinome. Cheio de frases marcantes e um romance muito realista, com direito a cenas bacanudas de sexo, nego chorando no cantinho porque deu um pé na bunda e agora quer de volta e tals. Apesar do filme deixar a desejar em relação ao livro, recomendo. Quanto ao restante da história, falo mais dela na sexta. (é sexta a sessão sobre livros, certo? /pessoa que tá perdida no próprio blog detected)

II - Garota Interrompida:

Ou Girl Interrupted, ou qualquer coisa assim, que também tem um livro chamado "moça, interrompida", que é claroaaan que vai ganhar um espaço na coluna lá que eu acho que sai sexta. Retrata a vida de Susana Kaysen (que é interpretada pela Winona who? Ryder), que tem uma sessão com um psicanalista que.nunca.viu.na.vida, e ele enfia ela num táxi e manda ela pr'um hospital psiquiatra, fim. E ela passa os anos seguintes por lá. E ... lá ela conhece uma outra louca.do.cu, que é a Lisa, e, como não podia ser melhor, adivinhem quem interpreta a Lisa? ANGELINA JOLIE, é, aquela lá do bocão e que todo mundo acha que a Megan Fox é tipo ela mais nova, ou uma sósia com uma quantidade menor de preenchimento nos lábios ou de filhos adotados.  A Ange [/intimidade] até ganhou oscar e globo de ouro como melhor atriz coadjuvante. Então já dou aqui um motivo pra você, punheteiro tarado de plantão assistir esse filme locasso. Também tem a Brittany Murphy, que faz o papel da Daisy, que é uma maniaca que é internada frequentemente e ama.frangos, e sempre que completa uma quantidade X de ossos de frago sai (ou foge, vai saber) do hospital, e sim, estamos falando de uma morta porque Brittany Murphy (sem trocadilhos, vai ser non sense) morreu dia 20 de dezembro do ano passado, e eu sei que você sabe disso, e deve até ter batido com a mão na testa e dito "aaah é".
Como se não bastasse de gente foda por ai, ainda tem o Jared Leto, do 30 seconds to mars, no papel do Tobias Jacobs. E o melhor de tudo? O filme não é musical.
Fica como uma indicação subentendida "Eu, Christiane F., treze anos, drogada e prostituída", porque também tem toda a vibe de sex.drugs que é apresentada nos dois filmes que foram indicados até agora.

III - Imagens do Além:

Mudando totalmente de assunto, de sex.drugs vamos pra fotografia e ... espiritos. Sim, você leu direito, e não, nós.pessoas.do.blog não somos macumbeiros ou chamadores (q/) de espíritos, ok? Ok.
Imagens do além conta a história de um fotografo (OOOH, RLY?) que se casa com uma moça lá que não troca de calcinha durante o filme.inteiro (qual é, isso foi imperdoavel) e todas as fotos que tira, seja em casa ou pro trabalho, aparece uns borrões tensos. Ele identifica que é espirito, ou a mulher, enfim, já que mulher é sempre a mais esperta na realidade, e só o cinema americano taxa a mulher como idiota, fútil ou indefesa. Acho que esse filme é japonês/chinês/coreano/algodeolhosrasgados, porque ao menos o fantasma/espirito/exu é de olhos rasgados. Enfim, voltando ao filme ... Tem todo aquele blablabla de que espiritos são almas que ainda não podem descansar em paz porque tem alguma coisa pendente aqui na terra, ou que a missão de vida não acabou, ou quer vingança, ou quer um pedaço da torta de chocolate que você está comendo no momento... A moral da história é que essa é uma indicação de filme dada por mim e fim, vê só, até rimou. Agora, sem rima:
FIM.

MC.

Nenhum comentário:

Postar um comentário